• Roberto S Inagaki

Normas e Ferramentas: Conhecimento Corporativo parte do currículo da empresa

Como um requisito normativo é tão pouco auditado, mas tão importante para a sobrevivência da organização.

Normas e Ferramentas: Conhecimento Corporativo parte do currículo da empresa é o post de Análise Crítica, blog de Roberto S. Inagaki

Caros leitores do blog Análise Crítica. Há requisitos da ISO 9001 que são pouco ou às vezes nem auditados, ou que foram muito auditados no passado e hoje passam a ser mais contos de treinamentos, como é o requisito 5.2 Política da Qualidade.


Vamos comentar sobre o item 7.1.6 Conhecimento Organizacional. Este é um requisito que deveria ser atendida por um dos processos cuja responsabilidade é da Alta Direção. Explico o porquê. Os produtos, serviços e processos atualmente têm um tempo de vida menor no mercado, devido à obsolescência (atualizações), substituição, moda, legislação, fatores ambientais ou outras.


Portanto, cabe à alta direção estabelecer uma sistemática para analisar a relevância do conhecimento atual, avaliar a tendência e buscar fontes de conhecimento adicional e suas atualizações.


Segue alguns exemplos que sofreram este desaparecimento, substituição etc.:


· Profundo conhecimento de ISO 9001 versão 1987, substituído pela versão atual 2015;


· Fabricante de máquina de escrever, substituído pelo computador (este substituiu uma série inclusive de serviços em conjunto com a internet);


· Carburadores, substituídos pela injeção eletrônica e logo, logo pelo sistema elétrico dos motores elétricos;


· Meios impressos sendo substituídos por meios digitais;


· Fotografia analógica sendo substituída por meio digital.


Os exemplos acima foram substituídos ou desapareceram em questão de horas? Ou levaram meses, anos, décadas? Muitas vezes fazemos previsões e estratégias erradas baseadas em dados e informações de especialistas totalmente equivocado. Basta ver algumas delas a seguir:


"Quando a Exposição de Paris [de 1878] terminar, a luz elétrica se fechará com ela e não mais se ouvirá falar dela." - Professor de Oxford Erasmus Wilson.


"O mercado potencial mundial para máquinas copiadoras é de, no máximo, 5.000." - IBM para os eventuais fundadores da Xerox, 1959.


"Não há a menor indicação de que a energia nuclear será obtida. Isso significaria que o átomo teria de ser destruído à vontade." - Albert Einstein, 1932.


"Máquinas voadoras mais pesadas do que o ar são impossíveis." - Lord Kelvin, matemático, físico britânico e presidente da British Royal Society, 1895.


Portanto, caros leitores, comecem a avaliar este requisito da norma dentro do seu sistema de gestão da qualidade ISO 9001, façam o mesmo, auditores. Assim, vocês estarão contribuindo para que a organização se mantenha viva no mercado, pois o conhecimento organizacional atualizado reduzirá seu risco de virar um dinossauro. Ainda há tempo, desapegue-se de produtos, serviços e processos atuais. Não enfie a cabeça no buraco fingindo que nada irá ocorrer com você, não sofra da síndrome do avestruz.


Gostou deste post e da proposta do blog? Que tal o Análise Crítica? Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário aqui. Para saber mais sobre o Análise Crítica, clique aqui. E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – LinkedIn.