• Roberto S Inagaki

Normas e Ferramentas: Análise Crítica cada um tem o que merece

As normas de gestão na sua maioria têm requisitos para a análise crítica da alta direção, infelizmente encarada como mais uma proforma.

Normas e Ferramentas: Análise Crítica cada um tem o que merece é o post de Análise Crítica, blog de Roberto S. Inagaki

Caros colegas do blog Análise Crítica.


Era uma vez um palestrante que foi falar sobre sistema de gestão da qualidade – ISO 9001 para uma plateia de executivos de diversos setores (creio que alguns leitores já irão parar de ler este post, porém peço um pouco de paciência).


A primeira pergunta dirigida para estes empresários foi:


– Quem de vocês tem um sistema de gestão da qualidade certificado ISO 9001?


O que se viu foi um mar de mãos se levantando, cá entre nós um pouco sonolentamente, talvez por vergonha de ter algo que todo mundo tem.


As perguntas se seguiram:


– Alguém teve algum retorno “real” depois da implementação e certificação?


Agora a situação mudou completamente, sorrisos, conversas paralelas, mas algumas frases puderam ser ouvidas, tais como: papel, papel e papel, burocracia, lentidão durante o ano todo, agitação somente alguns dias antes das auditorias etc...


Depois de uma breve solicitação de silêncio, a próxima pergunta agitou ainda mais aqueles empresários.


– Quantos de vocês têm críticas ao sistema de gestão da qualidade?


Desta vez mais braços foram erguidos, alguns levantavam os dois braços. Será que era para votar duas vezes ou era para mostrar críticas dobradas?


Depois de alguns “tap, taps” no microfone e um silêncio de dar inveja a um mosteiro, o palestrante continuou não com perguntas e sim com afirmações.


– Se vocês têm tantas críticas com relação ao seu sistema de gestão da qualidade por ser tão ruim é porque vocês assim o merecem. Porque nestes anos todos vocês nunca fizeram a parte de vocês que era “analisar criticamente (review)” o sistema de gestão da qualidade (requisito 9.3).


Vocês nunca pediram para os “donos” dos processos para reverem os processos, indicadores, documentos, etc, para trazer “valor” à organização Os representantes da direção estavam esperando da alta direção: recursos humanos, materiais, tecnologia, treinamentos... Vocês tem sistemas de gestão da qualidade que não satisfaz o cliente. Um sistema de gestão da qualidade que não demonstra melhoria contínua. Os senhores não cobram a utilização daqueles cursos. “Value Sream Map”, Lean..


Um grande silêncio se fez então....


O palestrante agradeceu a atenção de todos e disse que o resto era com eles, pois eles merecerão o que eles terão daqui para frente. Pensem nisto também.


Podem escrever para o blog comentando sobre esta história. Se vocês quiserem imprimir este post e deixar perdido na mesa da diretoria, fiquem à vontade.


Avaliação do seu sistema de gestão da qualidade:


1- As reuniões de análise crítica pela direção acontecem com qual frequência?

a) Na frequência necessária para manter o sistema eficaz

b) Mensal

c) Anual

d) Não acontecem e os registros são estórias bem contadas que os auditores gostam de ouvir


2- Os clientes percebem que houve a certificação do SGQ através de:

a) Percepção do mercado da melhoria dos prazos de entrega, inovações, atendimentos aos requisitos e melhoria contínua

b) Percepção de alguns clientes sobre alguns dos requisitos contratuais

c) Percepção do cliente através do certificado enviado

d) Percepção de alguns vizinhos que viram a faixa colocada na frente da empresa


3- O Sistema de Gestão da Qualidade foi implementado tendo como foco

a) Os clientes

b) O ego do presidente da organização

c) A ideia de se todos tem que não ter

d) A satisfação do auditor


4- O representante da direção foi escolhido através:

a) Do espírito de liderança e obsessão pela qualidade

b) Da capacidade de iniciar e finalizar projetos

c) Do tempo ocioso

d) Da capacidade política de escrever procedimentos prolixos e processos confusos


5- Se você fosse resumir em uma única frase o SGQ da sua empresa você escolheria:

a) Eficaz e buscando a eficiência

b) Atende aos requisitos

c) Bem documentado com Manual, procedimentos, instruções e registros

d) Na auditoria a sorte está sempre do nosso lado


Pontuação das respostas dadas:

a = 5 pontos

b = 4 pontos

c = 1 ponto

d = zero


Se você desejar envie e comente o resultado da sua organização no blog. Segue o diagnóstico:

20 – 25 pontos = Mande um convite para eu conhecer a sua empresa

15 – 19 pontos = Mande uma foto da sua empresa

0 – 15 pontos = Chame um consultor, mas antes leia na semana que vem o próximo post


Gostou deste post e da proposta do blog? Que tal o Análise Crítica? Seja o(a) primeiro(a) a deixar um comentário aqui. Para saber mais sobre o Análise Crítica, clique aqui. E não deixe de nos acompanhar nas redes sociais – LinkedIn.